Tráfego pago Facebook: tudo o que você precisa saber!

tráfego pago facebook

Quer saber o que é tráfego pago no Facebook? Quer descobrir como funciona? Então leia até o final e descubra.

O que é tráfego pago no Facebook?

Com 2,8 bilhões de usuários ativos mensalmente, atualmente o Facebook é a maior mídia social do mundo, e usar a rede para fazer publicidade – tráfego pago – para o seu negócio pode ser muito vantajoso.

O tráfego pago no Facebook são visitantes adquiridos por meio de publicidade paga veiculada na rede social Facebook.

Na prática, o tráfego pago é uma estratégia em que você cria anúncios no Facebook para atrair interessados ao seu canal particular, que pode ser um site, aplicativo e outros.

O tráfego pago no Facebook é uma alternativa ao tráfego orgânico. Enquanto o tráfego orgânico tem a vantagem de ser gratuito – mas depende de muitos fatores que fogem do controle do usuário – o tráfego pago dispõe ao anunciante inúmeras configurações de controle de veiculação de publicidade.

Para que serve e como funciona o tráfego pago no Facebook?

O tráfego pago serve para quem deseja oferecer seu produto diretamente para seu público-alvo, com mais alcance e objetividade, sem depender de fatores subjetivos do algoritmo do Facebook para exibi-lo.

Embora a vantagem do tráfego orgânico no Facebook é ser gratuito, esse tipo de tráfego depende da otimização de publicações. Essa otimização é o que determina como o algoritmo vai exibir a publicação aos usuários.

O maior problema é que, embora seja possível otimizar as publicações para ter bons resultados orgânicos no Facebook, o alcance é limitado por vários fatores que fogem do conhecimento até mesmo dos mais experientes usuários.

Com o tráfego patrocinado você pode oferecer seu produto diretamente para pessoas que tem interesse nele. Usando as configurações certas, você é capaz de direcionar publicidade para seu público e assim atraí-los para onde você quer.

Muitas pessoas usam o tráfego pago para obter mais visitantes em seus sites ou aplicativos. Por meio do tráfego pago, usuários do Facebook criam anúncios para atrair pessoas para comprar seus produtos em suas lojas virtuais, que também pode ser uma página de afiliado.

Outros usam o tráfego pago para fazer arbitragem no Facebook. Essa estratégia consiste em direcionar tráfego do Facebook para canais do YouTube ou blogs com o objetivo de ganhar mais impressões ou cliques, assim aumentando seus ganhos com o Google AdSense.

Quanto custa o tráfego pago no Facebook?

O custo é você quem define! No momento em que for criar sua campanha, você determinará o valor do orçamento e como deseja gastá-lo, podendo ser diário ou vitalício.

No entanto, a depender do tamanho do período da campanha e do valor diário ou total do seu orçamento, o Facebook poderá acusar que o orçamento não é suficiente e então dizer qual é o orçamento mínimo.

Os principais fatores que afetam o custo dos anúncios do Facebook são:

  • Tempo: O mês, o dia e até mesmo a hora podem afetar o custo do anúncio.
  • Estratégia de lance: Se você escolher o menor custo ou um limite de lance específico.
  • Posicionamento de anúncios: Posicionamentos de maior concorrência custam mais.
  • Relevância do anúncio: Pontuações baixas para o ranking de engajamento do seu anúncio, classificação de qualidade ou classificação de conversão podem elevar os custos.
  • Público-alvo: O público mais mais jovem ou de alta concorrência custa mais.

Na prática, evite criar campanhas com longa duração e orçamento baixo. Se você tiver um orçamento limitado para sua campanha, experimente usar o orçamento vitalício, dessa forma o Facebook gastará apenas o valor definido no orçamento com mais flexibilidade.

Se você vai direcionar tráfego do anúncio do Facebook para aumentar seus ganhos no Google, cuide para que o CPC da campanha do Facebook fique abaixo da sua receita obtida do CPC do tráfego.

Como criar campanha de tráfego patrocinado no Facebook e Instagram?

O Facebook dispõe de vários formatos de campanhas para os anunciantes. Cada formato é ideal para um determinado objetivo. Sendo assim, é importante escolher bem qual será o formato da campanha.

Tipos de anúncios no Facebook

Anúncios de imagem

Esses anúncios simples são uma ótima maneira de começar com anúncios no Facebook. Você pode criar um com apenas alguns cliques impulsionando um post existente com uma imagem da sua página do Facebook.

Anúncios em vídeo

Anúncios em vídeo podem ser executados no Feed de notícias e Stories, ou podem aparecer como anúncios no feed de vídeos mais longos do Facebook.

Anúncios de enquete

Este formato de anúncio do Facebook – apenas para dispositivos móveis – incorpora um componente interativo adicionando uma enquete de duas opções a um anúncio de imagem ou vídeo. Você pode adicionar um link separado para cada escolha de enquete.

Anúncios de carrossel

Um anúncio de carrossel usa até 10 imagens ou vídeos para mostrar seu produto ou serviço.

Você pode usar este formato para destacar diferentes benefícios de um produto, vários produtos diferentes ou até mesmo usar todas as fotos juntas para criar uma grande imagem panorâmica.

Cada imagem ou vídeo pode ter seu próprio link.

Anúncios de apresentação de slides

Os anúncios de apresentação de slides oferecem uma maneira fácil de criar anúncios de vídeos curtos a partir de uma coleção de fotos, textos ou vídeo existentes.

Os anúncios de slideshow têm movimento atraente, assim como vídeos, mas usam cinco vezes menos dados. Então, eles carregam bem até mesmo para pessoas em conexões lentas de internet.

Eles são uma maneira fácil e eficaz de chamar a atenção.

Anúncios de coleção

Esses anúncios pagos do Facebook, que são oferecidos apenas para dispositivos móveis, permitem que você mostre cinco imagens ou vídeos que os clientes podem clicar para comprar um produto ou serviço.

Este formato de anúncio combina com experiências instantâneas e permite que as pessoas comprem seus produtos sem precisar sair do Facebook. Isso facilita as compras online quando as pessoas estão ocupadas.

Anúncios de Experiência Instantânea

Os anúncios da Experiência Instantânea são um formato de anúncio em tela cheia que carrega 15 vezes mais rápido do que um site móvel fora do Facebook.

Para criar uma campanha de tráfego pago você deve seguir estes passos:

  1. Acesse o gerenciador de anúncios do Facebook.
  2. Escolha o objetivo da campanha “Tráfego“.
  3. Defina o nome da campanha, do conjunto de anúncios e do anúncio.
  4. Selecione onde quer direcionar tráfego: site, aplicativo, messenger ou WhatsApp.
  5. Defina o valor do orçamento, o público e os posicionamentos.
  6. Selecione o tipo de otimização do anúncio.
  7. Configure e crie o anúncio.

Para obter sucesso com o tráfego pago no Facebook, é importante você direcionar seu anúncio para as pessoas certas. Então uma boa estratégia é inserir o Pixel do Facebook no canal que deseja direcionar o clique dessas pessoas.

Com o Pixel do Facebook você poderá exibir o anúncio para pessoas que já demonstraram algum interesse no seu produto.

Além disso, você pode criar um público semelhante a partir do público criado com o Pixel. O público semelhante possibilitará você exibir seus anúncios futuros aos usuários do Facebook que têm semelhança com sua audiência.

Assim também, crie uma newsletter para reter leads do tráfego pago recebido do Facebook. Dessa maneira você poderá enviar boletins informativos e ofertas diretamente para os e-mails inscritos.

Se você não tem um site, uma boa opção é criar e usar uma página de Link Bio. Nela você pode inserir o Pixel do Facebook com facilidade, além de formulários como os do MailChimp e outros recursos.

Conclusão

Como vimos, o tráfego pago no Facebook é uma ótima maneira de obter visitantes para um canal específico. Essa estratégia permite que você economize tempo e vá direto ao ponto para oferecer seu produto.

Usar o Facebook para direcionar tráfego é uma estratégia muito usada pelos marqueteiros, pois o Facebook é a maior mídia social do mundo e um lugar propício para encontrar novos clientes.

Há vários formatos de campanha que você pode utilizar para criar veicular seus anúncios e obter tráfego para o seu canal.

E aí, gostou das dicas? Conte nos comentários. Até a próxima!

Leia Mais
WhatsApp Business
WhatsApp Business: como ativar e configurar no seu negócio