Como vender no Pinterest como afiliado
Como vender no Pinterest como afiliado

Como vender no Pinterest como afiliado: 2 métodos comprovados

Neste artigo, saiba como ganhar dinheiro no Pinterest como afiliado. Separamos 2 formas comprovadas para você.

Você finalmente percebeu o potencial lucrativo do Pinterest, certo?

Maravilha!

Existem diversas formas de ganhar dinheiro na internet e ainda mais formas quando colocamos o Marketing de Afiliado no jogo.

Você, por exemplo, pode se afiliar a produtos e promovê-los com tráfego pago, e-mail marketing ou e-commerce.

Hoje, no entanto, você aprenderá como vender no Pinterest como afiliado.

O Pinterest, assim como outras redes sociais, tem grande potencial de gerar receita e você está prestes a ter em mãos um leque de estratégias para lucrar com o Marketing de Afiliados nessa plataforma.

Melhor: um passo a passo descomplicado graças ao qual você dificilmente correrá o risco de se afiliar a um produto errado, por exemplo, ou criar pins nada promissores.

Vamos?

Pinterest como renda passiva – Melhor que outras redes sociais?

Uma das maiores vantagens do Pinterest é a possibilidade de gerar tráfego para um blog.

Porém, a questão é: e quando se trata de vender como afiliado digital? Dá certo?

Como vendedor sábio e estratégico, você busca um jeito de lucrar sem precisar ficar todos os dias “Veja este produto, ele vai ajudar você com isso, venha, venha, aproveite estes benefícios.”

Dessa forma, quando você procura saber como vender no Pinterest como afiliado, você, em essência, quer aprender a como criar uma estrutura de vendas que gera renda passiva ao longo do tempo.

Afinal, pins têm vida útil muito longa, então você pode continuar vendendo por meio de um pin publicado um ano atrás, por exemplo.

Agora, 2 métodos de como vender no Pinterest como afiliado.

1 – Como vender no Pinterest como afiliado com blog

Para que você tenha renda passiva como afiliado no Pinterest, primeiro construa as engrenagens necessárias para gerá-la.

Afilie-se a um produto.

Afilie-se a um produto que gere lucros satisfatórios. Até porque você está se dedicando na criação de uma estrutura de negócio eficiente para afiliado digital, então dedique-se também na escolha do produto.

Quando escolher um produto para se afiliar, use estas dicas:

  • Afinidade. Escolha um produto com o qual tenha afinidade, com o qual tenha sintonia. Se você sabe muito sobre culinária e pensa em promover um curso, por exemplo, um sobre culinária é uma boa escolha.
  • Procedência. Antes de vender um produto, conheça quem o fornece e comprove sua credibilidade. Fazer isso evitará que você venda produtos de péssima qualidade para seus clientes.
  • Comissão. Não adianta se esforçar ao máximo para promover um produto que tem uma comissão baixa. Se achar que a comissão de um produto não vale seu trabalho, descarte-o e promova um que valha.

Crie um site, produza conteúdo e promova seu link de afiliado.

Você precisa fazer o usuário do Pinterest clicar no seu link de afiliado. Fato. Mas como fará isso?

Se um usuário perceber, ainda que por um instante, que você está tentando manipulá-lo para que compre de você, ele provavelmente cairá fora.

Por isso, crie uma ponte amigável entre o usuário e o link de afiliado.

Por exemplo, crie um artigo de blog em que você fala especificamente sobre o produto ao qual se afiliou.

Ao fazer isso, você engajará o usuário e, sem que ele perceba, será convencido a comprar o produto.

Crie diversos pins, um para cada parte do conteúdo.

Digamos que você criou uma postagem de blog chamada “Como crescer no YouTube rapidamente? 8 dicas incríveis”.

Em alguma parte do artigo, você incluiu um link de afiliado que direciona para o curso Rico Com YouTube, que ensina pessoas a ganharem dinheiro com o YouTube.

Nesse exemplo, o objetivo é fazer os usuários do Pinterest acessarem esse artigo de blog e, após serem engajados por ele, clicarem no link de afiliado e, quem sabe, comprarem o curso.

Para ter bons resultados com isso, crie vários pins de sucesso relacionados ao artigo sobre como crescer no YouTube que façam os usuários clicarem.

Quanto mais pins você criar para um mesmo artigo, mais chances de os usuários do Pinterest clicarem no link de afiliado.

Seja consistente no Pinterest.

Se você quer que os usuários comprem produtos que você promove, poste pins com consistência.

Na dica anterior, você viu que a quantidade de pins aumenta as chances de sucesso, porém, além disso, é necessário a consistência.

Portanto, pine diariamente pins relacionados a uma postagem de blog que possui o link de afiliado. Dessa forma, você aumentará o tráfego do blog e as chances de vendas.

Monitore resultados, faça melhorias.

Veja, você estará criando pins e mais pins para que consiga vender um produto, porém, nem todos os pins terão sucesso.

Portanto, acesse o Pinterest Analytics e confira quais pins geraram mais tráfego para o artigo de blog e quais não.

A partir disso, descubra que acertos fizeram alguns pins terem sucesso e, então, replique-os criando novos pins de sucesso; e analise os erros que fizeram outros pins fracassarem e evite cometê-los novamente.

2 – Como vender no Pinterest como afiliado sem blog.

Ter um blog requer tempo e investimento, mas quem disse que você precisa de um para saber como vender no Pinterest como afiliado?

Você pode simplesmente criar pins e incluir o link de afiliado diretamente neles.

Claro, alguns programas de afiliados não permitem que você faça isso, então considere esse ponto.

Além disso, criar pins e incluir diretamente um link de afiliado pode não funcionar tão bem para alguns produtos porque os usuários não serão engajados o suficiente (como aconteceria se lessem um artigo de blog persuasivo).

De toda forma, continua sendo uma opção e funciona para muitos empreendedores. Então, teste e veja como será com você.

Saber como vender no Pinterest como afiliado faz toda a diferença.

Saber que estratégias aplicar ao começar a vender como afiliado no Pinterest é crucial para ter sucesso.

Afinal, a plataforma tem particularidades que vão desde os tipos de conteúdos virais, as regras, o que funciona e o que não funciona até as métricas importantes para fazer melhorias, frequência ideal de postagem e truques.

Portanto, agora que você aprendeu como vender no Pinterest como afiliado, dê adeus às inseguranças e comece a construir sua fonte de renda passiva.

Você curtiu?