token social
token social

Token Social: o que é? Como funciona? Saiba tudo

Token Social, Moeda do Criador entre outros termos, são nomes atribuídos a mais uma novidade do mundo digital que já chegou. Quer saber o que é? Quer descobrir como funciona?

Neste artigo, você aprenderá o que são tokens sociais, como funcionam e por que são importantes para o futuro dos negócios.

O que são tokens sociais?

Se você está aqui, é porque provavelmente ouviu alguns dos seguintes termos: token social, moeda do criador, token de comunidade ou outros semelhantes.

Para esclarecer de vez, esses termos são basicamente a mesma coisa ​​e você pode escolher usar quaisquer um deles. No entanto, para este artigo, adotaremos o termo token social para facilitar a compreensão.

Token social é, em essência, um tipo de economia independente baseada na propriedade digital.

No caso do token social, alguém como um criador de conteúdo digital pode criar seu próprio token com seu nome ou marca.

Então seus seguidores podem obter esses tokens como forma de recompensa por seu engajamento ou qualquer outra ação realizada em qualquer uma das plataformas do criador, ou comprando alguns diretamente dele.

Por exemplo, a jogadora e streamer Alliestrasza foi uma das primeiras a usar esse tipo de moeda.

token social
Fonte: site Rally.

Ela anunciou que, quem tivesse uma certa quantia de sua moeda, $ALLIE, teria acesso a um grupo Discord exclusivo que lhe permitiria falar com ela e acessá-la a qualquer momento.

Como os tokens sociais são criados?

Esse tipo de token é criado por meio da tecnologia blockchain, que é a mesma encontrada em NFTs ou criptomoedas como o Bitcoin.

De um modo geral, a maioria dos tokens sociais são encontrados na blockchain Ethereum. Depois de criar o token, o seu criador deve determinar seu valor.

É importante notar que as pessoas que compram esses tokens sociais não recebem nenhum dinheiro.

Não é como um mercado de ações onde você pode comprar ativos que se transformam em sua propriedade com garantias de que o papel de fato é seu.

Quem adquire um token como esse, não receberá nenhum item físico ou moedas ou qualquer coisa.

Marketing nas Redes Sociais vs. tokens sociais

Agora que você entende o que são tokens sociais, vamos falar sobre por que eles são importantes em tudo que está relacionado ao marketing digital, principalmente no marketing de conteúdo.

O modelo tradicional que vigora atualmente consiste em um criador ou influenciador criar ou usar uma plataforma digital e ganhar dinheiro dos seus membros por meio de assinaturas.

Pois bem, o token social pode revolucionar esse modelo.

Uma coisa realmente interessante sobre os tokens sociais é que não se trata apenas de pagar pela assinatura para se ter acesso aos conteúdos de uma plataforma.

Em vez disso, quem adquire um token social, de certa forma, se torna um sócio do negócio que compartilha dessa economia individual social.

Então façamos uma distinção importante: quando alguém adquire uma assinatura, essa pessoa não está adquirindo nenhum item tangível.

Ela não pode transferir essa assinatura para outra pessoa e, geralmente, também não pode compartilhá-la com mais ninguém.

No entanto, com os tokens sociais, essa limitação é superada. O proprietário de um token social pode fazer o que quiser, porque ele possui uma propriedade tangível, ainda que seja digital.

O dono de um token social pode fazer o que quiser, inclusive dar esse token a alguém ou vendê-lo.

Ele se torna parte do grupo que controla a comunidade, deixando de ser um mero membro passivo do público.

O que os tokens sociais podem trazer para o seu negócio?

Os tokens sociais podem servir como excelentes iscas digitais. Isso porque elas podem servir como um item de troca ou prêmio para o seu público.

Já sabemos que quando oferecemos algo para o público como recompensa por fazerem alguma coisa que pedimos, os resultados costumam ser muito satisfatórios.

Um bom exemplo são os sorteios no Instagram.

No entanto, essas recompensas dependem de investimentos financeiros consideráveis, o que limita significativamente as oportunidades de criar esse tipo de oferta.

Os tokens sociais podem ser uma solução para transpor esse obstáculo. Criar esses tokens demanda baixo custo, ao mesmo tempo que você pode obter mais injeção de capital em seu negócio.

Se você está pensando em criar seu próprio token social, uma dica de uso seria dar ao seu público 5 ou 10 desses tokens para se inscreverem em sua newsletter.

Essa é uma ótima maneira de aumentar sua lista de e-mails e popularizar sua moeda entre o seu público.

Em alguns casos, as pessoas criam essas moedas como forma de vender seu valor em troca de fundos. 

Neste caso, os tokens sociais são usados para capitalizar fundos que serão investidos em um projeto específico.

Uma forma eficaz de usar tokens sociais é vender acesso com privilégios a um grupo exclusivo de assinantes.

Por exemplo, com o The Tilt, quando alguém se inscreve, recebe $5 em moeda $TILT.

Se eles indicarem alguém, eles receberão outros $5 na moeda $TILT. Eles também têm acesso a um grupo Discord da empresa.

É aqui que eles usam sua moeda Tilt de acordo com os privilégios da sua assinatura.

Você também pode usar Tokens Sociais para criar programas de recompensa para seus seguidores que dão recompensas para ações específicas que eles realizem em seu benefício.

Por fim, você pode usar tokens para vender patrocínios para alguns de seus conteúdos, como patrocínios de podcast ou newsletter.

Todos os tokens sociais possuem regras, como contratos inteligentes.

Por exemplo, o token $TILT lançado na rede Rally possui um limite estabelecido de tokens que podem ser criados, não sendo possível existir mais de 210.000 tokens.

token social
Fonte: site Rally.

Então, quando eles lançaram cerca de 90.000 moedas, eles sabiam que tinham outras 120.000 moedas que ainda poderiam criar quando houvesse demanda.

À medida que a demanda por moedas aumenta, ou seja, à medida que as pessoas continuam a adquirir ou comprar moedas, seu valor também aumenta.

E o contrário também! À medida que as pessoas negociam ou vendem essas moedas, o valor dessas moedas diminui.

Cuidados ao criar tokens sociais

Antes de criar seu próprio token social, a primeira coisa que você deve ter em mente é que precisa pensar a longo prazo.

Enquanto os tokens sociais estiverem em circulação, eles serão associados ao seu nome ou marca. Torna-se parte do seu legado, o que significa que sua reputação está em jogo.

Mais importante ainda, os tokens sociais contribuem na criação de uma economia de confiança.

As pessoas precisam confiar em seu nome e marca porque, se não puderem confiar em você para cumprir seu compromisso feito ao adquirirem sua assinatura, elas não comprarão seu token social.

A segunda coisa a ter em mente é pensar como o token se encaixa em seu modelo de negócio.

Por exemplo, se você tiver um token social e informar ao seu público que eles podem usar esses tokens para comprar produtos e serviços, esses tokens devem estar disponíveis para compra.

É preciso um pouco de pensamento e planejamento.

Muitas grandes corporações provavelmente farão a transição de seus programas de recompensa para tokenização nos anos seguintes.

Por exemplo, em vez de obter as vantagens da Target, as pessoas poderão ganhar tokens da Target independentemente do programa de recompensas da Target.

Eles poderão usar e negociar esses tokens para comprar mais produtos ou serviços ou negociar diretamente.

Os anos futuros prometem a adoção dos tokens por muitas empresas. Pode até acontecer muito mais rápido do que qualquer um imaginou.

As criptomoedas já estão crescendo muito mais rápido do que qualquer um poderia imaginar, e não é tão antigo.

A integração da ideia de propriedade dentro das redes e comunidades digitais  impulsiona às pessoas a se conectarem mais;

Organizações autônomas descentralizadas que funcionam com tokens substituirão muitas das comunidades on-line que conhecemos atualmente.

Em última análise, como qualquer coisa em mídia social e tecnologia, à medida que essas tecnologias continuam a crescer e evoluir, elas se tornarão mais acessíveis a mais pessoas.

As barreiras de entrada serão reduzidas e será mais fácil para as pessoas completarem o processo de criação de seus próprios tokens. 

Você curtiu?