Livro Marketing 4.0 descubra tudo o que ele ensina

por Elissandro Dias Atualizado em 4 de novembro de 2020
Atualizado em 4 de novembro de 2020

O livro Marketing 4.0 é uma obra quem tem como um dos seus autores Philip Kotler, conhecido como o pai do marketing.

Este livro é um compilado de tudo sobre o atual mundo dos negócios no meios digitais, e é um dos melhores livros de empreendedorismo da atualidade.

Por isso, trazemos para você os principais ensinamentos desse notável manual do marketing digital.

Livro Marketing 4.0: o processo de decisão de compra

O mundo e os negócios mudaram. Se a pouco tempo era comum assistirmos passivamente comerciais de televisão, e com base neles decidir um compra, hoje isso mudou completamente.

Isso porque em Marketing 4.0, aprendemos comerciais e anúncios de um produto/serviço, por si só, não podem mais não podem mais persuadir.

Agora, decidimos comprar com base na opinião do nosso circulo social. Isto é, atualmente, compramos analisando avaliações e opiniões de outros consumidores.

Por isso, o que consumidores pensam e comentam do produto/serviço importa!

Sendo assim, é importante investigar a imagem digital. Além disso, deve-se também buscar formas de se aproximar dos círculos sociais e desenvolver uma boa imagem de si.

A importância dos haters!

Quem diria! Quem mais tememos pode ser útil para a imagem nas mídias digitais.

Pasme! Os haters podem ser benéficos para sua empresa!

Logicamente, por uma questão de autoproteção, as empresas evitam que os consumidores falem mal da marca, ou a comparem com os concorrentes.

No entanto, no livro Marketing 4.0, vemos que as mídias sociais têm o papel de ser um ambiente onde os consumidores manifestam sua opinião.

Embora pareça ruim uma empresa receber comentários negativos, tais comentários estimulam os defensores da marca a manifestarem-se nestes espaços.

Neste caso, isso é benéfico, pois nada é mais persuasivo para potenciais consumidores do que assistir um outro consumidor defendendo uma marca.

Nesse aspecto, os argumentos de quem ataca ou defende uma marca tem o poder de convencer outros consumidores sobre a qualidade da marca em debate.

Portanto, não fuja das críticas, mas veja elas como uma oportunidade de angariar novos consumidores para o seu negócio. 

Os jovens, as mulheres e os netzens são a chave para o marketing na economia digital

No marketing digital, informações sobre perfis dos públicos são valiosas para determinar as diretrizes das campanhas de marketing.

Nesse sentido, o livro Marketing 4.0 nos revela algo surpreendente sobre três públicos-alvo muito importantes na internet: os jovens, as mulheres e os netzens.

Os jovens são os principais adotantes iniciais de novos produtos e tecnologia, além de também definirem tendências.

As mulheres são as coletoras de informação e compradoras holísticas, elas gerenciam o lar, cuidam das finanças e possuem várias outras atribuições.

Por fim, os Netzens, ditos conectores sociais, são evangelistas expressivos das marcas e contribuintes de conteúdo para o mundo digital.

Tratamos os três públicos como de grande potencial, porém pouco explorados.

Ou seja, o alerta que o livro trás é para que as empresas busquem formas de explorar o poder que estes três públicos possuem a seu favor.

On-line e Off-line caminham juntos!

Embora muitos pensem que o marketing digital veio substituir o marketing tradicional, não é isso que o livro trás para os seus leitores. Na verdade, ambos, o marketing digital e tradicional, devem coexistir. 

De acordo com Kotler, ambas as abordagem de marketing desempenham papeis diferentes que podem ser combinados, de forma a entregar ao consumidor uma experiência de compra plena.

Sendo assim, podemos entender o marketing tradicional como uma abordagem estratégica voltada para uma experiência mais palpável com o consumidor.

Enquanto o marketing digital cuida de envolver o consumidor através da presença digital.

Livro Marketing 4.0 e novo caminho do consumidor

Segundo o livro, o novo caminho do consumidor passa por cinco As: assimilação, atração, arguição, ação e apologia.

O consumidor transita pelos cinco As por diversas formas e não necessariamente nesta ordem.

Os cinco As são: assimilação, o consumidor tem o primeiro contato com a marca; atração, o consumidor decide se gosta ou não; arguição, o consumidor busca informações sobre a marca; ação, o consumidor efetua a compra; apologia, o consumidor recomenda a marca.

Para os autores de marketing 4.0, não necessariamente um consumidor percorre o caminho nesta ordem. Em alguns momentos, é possível que ele pule algum caminho, ou percorra em outra ordem.

Livro Marketing 4.0: dos 4 Ps ao novo 4 Cs de Philip Kotler

Embora Kotler não seja o criador dos 4Ps do Marketing, foi ele quem popularizou o conceito, enfatizando sua importância para as organizações.

Seja como for, muitos cursos que envolvam a disciplina de Marketing em sua grade, em algum momento, abordam os 4Ps do Marketing. 

Esse conceito é apresentado como uma ferramenta de planejamento que visa desenvolver estratégias de marketing para oferta de um produto ou serviço.

Nesse sentido, quando os 4Ps do marketing foi apresentado, o mundo estava bem diferente do que é hoje. Afinal, não existia toda a tecnologia que temos a nossa disposição, e muito menos a Internet.

Kotler, junto com Kartajaya e Setiawan, trás os novos aspectos da economia digital no livro marketing 4.0, revelando a dinâmica existente e apontando as principais tendências do marketing no futuro.

Economia Digital: a nova dinâmica!

A tecnologia aliada a Internet trouxe para os dias atuais um fator que alterou toda dinâmica sobre como organizações e pessoas se relacionam.

Este fator é a conectividade, que superou as limitações geográficas, conectando pessoas de diferentes lugares e culturas em todo mundo.

No livro Marketing 4.0, vemos que a conectividade protagonizou uma ruptura assombrosa na forma como nos comunicamos e interagimos, mudando totalmente o estilo de vida das pessoas.

Evidentemente, esse impacto atingiu as empresas que, para Kotler, por mais de um século moldou a forma como as pessoas pensavam sobre uma marca. Agora, são as pessoas que, conversando entre-se, moldam a marca.

Migrando do 4 Ps para os 4 Cs

Nesse contexto, no livro, vemos que os 4Ps do marketing 4.0 torna-se incompleto para lidar com a nova realidade tecnológica de um mundo conectado. Isto é, é necessário acomodar mais participação do consumidor.

Dessa forma, um novo mix de marketing é desenhado, e então surge os 4 Cs.

Os 4 Os agora é redefinido para os 4 Cs, que representam: cocriação (co-criation), moeda (currency), ativação comunitária (communal activation) e conversa (conversation).

O novo Mix de Marketing na era da Economia Digital:

Cocriação (co-criation): cocriação é uma nova estratégia para as empresas no desenvolvimento dos seus produtos.

Nela, os clientes participam desde de o início da concepção do produto, o que melhora as chances de sucesso do produto no mercado.

Moeda (currency): trata-se da precificação do produtos, que agora torna-se dinâmica, e permite as empresas otimizarem os lucros através de um preço personalizado, através da análise de big-data.

Aqui, o preço baseia-se em aspectos como a o histórico de compras, proximidade do consumidor com o estabelecimento e etc. Ou seja, o preço é como uma moeda, flutua em função da demanda do mercado.

Ativação comunitária (communal activation): os consumidores cada vez mais exigem a oferta de produtos quase que instantâneos.

Nesse sentido, empresas como Uber e Arbnb se destacam por oferecerem produtos e serviços, ainda que não sejam proprietários deles.

Ou seja, a ideia é conectar a oferta do produto a demanda mais próxima, atendendo o consumidor com muito mais agilidade.

Conversa (conversation): já se foi o tempo em que as promoções eram decisões unilaterais das empresas. Hoje, com as mídias sociais, os consumidores conversam e trocam experiências de compras entre-se.

Sendo assim, a participação do consumidor não pode ser evitada e sistemas de avaliações devem estar à disposição dos consumidores para que possam conversar com as marcas.

Segundo o livro Marketing 4.0, com o novo mix de marketing, as empresas tem maiores chances de ganharem a confiança dos seus consumidores.

Porém, vale lembrar que na economia digital, não cabe mais as organizações tratarem seus consumidores como públicos passivos. 

Ambos devem buscar maior valor comercial de forma ativa e transparente.

Conclusão do livro Marketing 4.0

Marketing 4.0 é um livro carregado e de insights valiosos sobre o marketing na economia digital, bem como e o seu futuro.

Isto é, essa obra é uma espécie de manual para profissionais de marketing, lideres e CEOs sobre as principais tendências em vista.

Fica a dica de leitura para os amantes da área do marketing.

Comentários

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não aceitar, se desejar. Aceitar Leia mais...

Siga-nos nas Mídias Socias