criar conteúdo YouTube
criar conteúdo YouTube

Como criar conteúdo para YouTube que gere inscritos

Você decidiu que vai começar o seu canal no YouTube e quer saber como criar conteúdo para ele? Ou você já tem um canal, mas está sem ideias e quer ver algumas novas? Então confira esse artigo e descubra.

O YouTube é uma das plataformas digitais mais acessadas em todo mundo, ficando atrás somente do Google, que por sinal pertence a mesma empresa.

Todos os dias o YouTube recebe milhões de acessos de pessoas procurando tutoriais, dicas, ideias, inspiração, ou entretenimento.

Milhões de youtubers criam vídeos diariamente em seus canais com o objetivo de captar cada uma dessas pessoas que usam o YouTube para encontrar algo específico.

Então como você já pode perceber, o YouTube é uma plataforma muito competitiva e conteúdo dos canais são determinantes na jornada para ganhar inscritos e captar espectadores.

Por esse motivo, muitos querem aprender como criar conteúdo no YouTube, e assim poderem postar regularmente novos vídeos em seus canais.

A seguir, conheça alguns conteúdos para YouTube que você pode estar usando em seu canal.

Como decidir que conteúdo usar em meu canal no YouTube?

O primeiro passo é entender o motivo pelo qual você quer descobrir como criar conteúdo para YouTube. Entender isso é importante para saber por onde começar a sua estratégia de conteúdo.

Você já possui um canal no YouTube com alguns vídeos publicados? Se sim, então você precisa analisar os conteúdos que você abordou para decidir algumas coisas sobre eles.

É necessário que você verifique os seguintes pontos se você já possui vídeos postados em seu canal:

  • O conteúdo recebeu engajamento significativo? Identificar isso pode ajudar você a decidir se é interessante ou não continuar criando vídeos sobre o mesmo conteúdo em seu canal no YouTube. Analise a quantidade de visualizações, os comentários e tente concluir se o conteúdo recebeu engajamento significativo.
  • Você ainda pode criar mais vídeos do mesmo conteúdo? Analise se existe mais a explorar sobre o conteúdo dos vídeos já postados. Pode ser que você esteja no caminho certo, só não acertou na abordagem ainda.
  • Você consegue identificar um público-alvo dos vídeos engajados? Você precisa saber quem é o público-alvo do conteúdo do seu canal. Isso ajuda a refinar e criar a persona, que mais tarde o ajudará a definir melhor o conteúdo para os seus vídeos com foco no público-alvo.

Agora, se você ainda vai começar a criar vídeos para o seu canal, então você precisa analisar os seguintes pontos:

  • Existe alguma área que você domine? As coisas podem ficar muito difíceis se você estiver considerando criar conteúdo sobre algo que você não domine. Quando você domina uma área, você consegue identificar mais facilmente o público, os assuntos mais interessantes e erra menos.
  • Você tem algum público-alvo que quer atingir? Talvez você esteja considerando um público em especial. Sabendo quem é o público a fisgar, é mais fácil saber quais são os conteúdos que eles provavelmente se interessam.

Ademais, encontrar os principais canais concorrentes, analisar as tendências para os temas que estão em sua mira e saber como anda os ganhos em monetização valem para ambas as situações.

Só a partir destas análises é que você poderá começar a traçar uma estratégia para criar conteúdo de modo a crescer no YouTube e ganhar inscritos.

Como criar conteúdo para YouTube?

Descobrir como criar conteúdo para YouTube exige que você faça muitas e muitas pesquisas. Um bom ponto de partida para você começar é conhecer alguns conteúdos que fazem sucesso no YouTube.

Estas são 10 ideias que podem ajudar você a criar conteúdo para o seu canal no YouTube:

  1. Canal sobre pets e animais (humor).
  2. Canal Gamers.
  3. Guias e Tutoriais.
  4. Review de produtos.
  5. Canal de fofocas e vida de famosos.
  6. Vlogs.
  7. Canal de curiosidades.
  8. Dicas de casa e dicas em geral.
  9. Dicas de moda e beleza.
  10. Vídeos de desempacotamento.

A seguir, vamos analisar cada um dos conteúdos que você pode criar para o seu canal.

1. Canal sobre pets e animais (humor).

A primeira dica deste guia para criar conteúdo para YouTube se inicia com vídeos sobre animais e pets engraçados.

As pessoas simplesmente adoram ver animais fofos, especialmente quando fazem algo diferente.

No YouTube existem milhares de canais sobre animais, sendo que uma parte trás vídeos de animais reais e outra sobre animais animados.

Além disso existem também vários canais sérios de animais, como por exemplo o “National Geographic” de David Attenborough.

Se você adora pets e gosta da natureza, saiba que esse pode ser um excelente conteúdo para o seu canal.

2. Canal Gamer.

Os canais sobre games fazem muito sucesso no YouTube, principalmente entre o público masculino mais jovem.

Existem muitos canais no YouTube em que gamers criam conteúdos das suas aventuras e dão dicas para os seus inscritos.

Nesse sentido, podemos citar como exemplo o game Minecraft. Esse game é fonte de vários conteúdos de vídeos no YouTube.

Ele sozinho é popular o suficiente para que haja um site que lista mais de 1.000 canais do Minecraft no YouTube.

O público desse tipo de conteúdo (game) no YouTube costuma ser bastante engajado.

Além de muito fiéis, eles também são participativos. Você pode passar horas em uma live e eles estarão lá assistindo e interagindo com você.

Portanto, um canal gamer é uma boa alternativa de conteúdo para o seu canal no YouTube.

3. Guias e Tutoriais.

Existem basicamente três métodos de aprendizagem: ver, ouvir e ensinar.

Todos aprendem a usar uma combinação desses métodos, mas a maioria das pessoas acha que um método é mais fácil do que o outro.

Bons professores tentarão combinar esses três métodos em sala de aula.

Embora o ensino por meio de vídeo seja sempre difícil, é o meio perfeito para quem gosta de experiências de aprendizagem visuais e auditivas.

Existem muitos vídeos tutoriais no YouTube, e você encontra esse tipo de conteúdo sobre quase tudo que você possa imaginar.

Assim, considerando as alternativas de se criar conteúdo para YouTube, essa é uma ótima escolha. Principalmente se você for professor de alguma determinada área.

A vantagem desses vídeos é que quase nunca estão desatualizados.

A única razão pela qual os vídeos podem vir a se tornar desatualizados é que o próprio evento mudou ou ficou desatualizado.

4. Review de produtos.

Hoje em dia é comum as pessoas recorrerem à internet antes de comprarem qualquer produto.

Elas querem saber o que as outras pessoas pensam do produto em que estão interessadas.

Nesse aspecto, o YouTube não é diferente de outros canais de mídia social.

As pessoas recorrem aos canais de review no YouTube para saber suas opiniões sobre os vários produtos que avaliam.

As pesquisas geralmente mostram que, se os consumidores virem comentários positivos on-line, é mais provável que façam uma compra.

Obviamente, depende do produto, mas o YouTube é o meio perfeito para muitos produtos.

As pessoas descobriram que se puderem ver o produto que estão usando, é mais provável que tomem a decisão de compra certa.

5. Canal de fofoca e vida de famosos.

Sempre existiram pessoas interessadas em fofocas de celebridades, e os tabloides atendem esse público há anos.

Com a diversificação das mídias digitais, essas pessoas buscam por mais detalhes. Então não é surpresa que elas visitem o YouTube para saber mais um pouco das fofocas sobre celebridades.

Elas pesquisam e navegam de vídeo em vídeo em busca de mais detalhes.

Claro, muitos desses vídeos ainda parecem vir diretamente dos tabloides, e certamente não se pode acreditar em tudo que vê e ouve nesses vídeos.

Sendo assim, se você é alguém capaz de sempre acompanhar as fofocas sobre celebridades, você com certeza pode obter muito sucesso ao criar esse tipo de conteúdo no YouTube.

6. Vlogs.

Originalmente, os blogs funcionavam como uma espécie de diário na internet em que uma pessoa narra seu cotidiano.

Com o passar do tempo o conceito de blog mudou muito e, embora tenha ocorrido mudanças, você ainda encontra pessoas que seguem a ideia original dos blogs.

Semelhante a ideia original dos blogs, atualmente existe o vlog. Vlog é um videoblog e sua ideia é, em certa medida, a mesma que foi do blog originalmente.

É claro que, no YouTube, eles são mais públicos do que diários escondidos em gavetas, e por isso o conteúdo costuma ser mais atraente.

Como um diário, o vlog é de certo modo improvisado ​​e carrega os pensamentos reais do criador do vídeo.

Você pode narrar para os seus espectadores sua rotina de fazer algo específico.

Vlogs são perfeitos para mostrar às pessoas rotinas e vivências que elas possuem interesse.

Se você vive em outro país, por exemplo, você pode criar um vlog em que mostra como é seu dia a dia.

Sendo assim, como você está interessado em descobrir como criar conteúdo para YouTube, pense no vlog como uma ótima alternativa de conteúdo.

7. Canal de curiosidades.

Vídeos de curiosidades sempre despertam bastante interesse. Em geral, as pessoas gostam de aprender sobre algo novo que até então elas não tinham pensado antes.

Você pode criar conteúdo para o seu canal do YouTube que aborda curiosidades em geral. Existe uma enorme quantidade de informações curiosas que você pode tratar em seus vídeos.

Você pode criar conteúdos que vão desde fatos históricos até contos e mistérios populares.

8. Dicas de casa e dicas em geral.

Você conhece algum truque secreto que você pode usar em casa para espantar moscas? Você conhece uma forma simples e eficaz para resolver um certo problema?

Se sim, pois saiba que isso rende valiosos conteúdos para canal no YouTube.

Esse tipo de conteúdo é ótimo porque você pode aproveitar sua prática natural com determinadas coisas e, com isso, criar conteúdo.

Se já é o seu trabalho fazer determinada coisa, então você pode simplesmente ligar sua câmera e narrar o passo a passo de como fazer, além de dar dicas pontuais.

Várias pessoas criam canais onde dão dicas de cuidados com a casa, plantas e outros, ou criam canais em que ensinam como resolver problemas simples do cotidiano.

9. Dicas de moda e beleza.

Existe um volume monstruoso de pessoas que pesquisam no YouTube dicas de beleza.

Essas pessoas pesquisam por vídeos como: dicas para combinações de looks, tutoriais de maquiagem, penteados, entre outros.

Nesse sentido, há uma vasta gama de possibilidades para se criar conteúdos para YouTube desse modelo.

Lembra-se que um pouco antes dissemos que é mais simples você criar conteúdo sobre áreas que você domine?

Então esse modelo de conteúdo é o que mais se assemelha a essa ideia.

Quem sabe você pode usar seus amplos conhecimentos de beleza e moda para dar dicas e tirar dúvidas em seu canal? Seria uma excelente forma de criar conteúdo.

10. Canal de desempacotamentos (unboxing).

Vídeos de desempacotamentos é uma tendência atual. Surpreendentemente, um grande número de pessoas gosta de ver os novos produtos de outras pessoas sendo desembalados.

Esse tipo de conteúdo é uma vertente dos conteúdos para YouTube sobre compras e reviews.

Na verdade, elas estão em algum lugar entre o processo de compra de um produto e o comportamento de usar e avaliar o produto.

Assim como crianças se divertem ao desembalar presentes no dia de natal, os espectadores desse tipo de conteúdo têm reações muito parecidas.

Do mesmo modo que vídeos de compras e reviews, vídeos unboxing podem ter um impacto significativo nas decisões de compra dos consumidores e pode trazer enormes lucros se você fizer parceria com marcas.

Agora que você sabe como criar conteúdo para YouTube…

Neste guia, você aprendeu como criar conteúdo para YouTube. Como visto, antes de você começar a colher ideias de conteúdos para o seu canal, é importante avaliar sua situação atual.

Se já possui um canal ativo, avalie seus vídeos já publicados e descubra se vale ou não a pena continuar com o conteúdo que você já trabalhou.

Se ainda não postou vídeos em seu canal, pesquise e faça um estudo minucioso sobre cada conteúdo que o tenha interessado.

Aprenda tudo o que for importante antes de iniciar, como por exemplo fazer thumbnail e aberturas de vídeos para YouTube.

Dessa forma, você poderá evitar erros básicos ao começar seu canal.

Você gostou das dicas? Então conte nos comentários. Até a próxima.

Você curtiu?